17 ago

Como montar uma revenda de lingeries (+Curiosidades do Setor)

Lingerie é um excelente produto, pois não há crise que afete a compra deste item tão importante para as mulheres.

Mas para abrir uma revenda de lingerie é preciso antes fazer uma boa pesquisa de campo e investir bastante tempo no planejamento.

Existem várias formas de abrir uma revenda de lingeries. Com venda em domicílio, a partir de uma loja virtual ou com uma loja tradicional.

Independente da forma, os passos são praticamente os mesmos. Por isso, separamos aqui algumas dicas para ajudar quem ainda não sabe por onde começar.

01. Defina o seu público-alvo para a revenda de lingeries

Não, lingerie não é tudo igual. Existem diferentes segmentos de roupas íntimas e sua revenda de lingerie deve definir primeiro que tipo de público deseja atingir.

Revenda de Lingeries

Para isso, é preciso fazer algumas perguntas:

  • * Qual o hábito de compra do público que deseja atingir?
  • * Onde mora?
  • * Qual o valor médio que costuma gastar com lingerie?
  • * Que estilo gosta mais? Cores, modelos, marcas…

E tudo que tenha a ver com a forma como sua revenda de lingerie vai funcionar, como idade, perfil social, etc.

02. Investimento inicial

Quanto de capital você possui para investir na abertura de sua revenda de lingerie?

Vai utilizar valores próprios? Pegar um empréstimo?

Esta decisão é que vai ser a responsável por definir onde sua loja ficará e outras coisas.

Leve sempre em conta que vai ter que comprar mercadoria, pagar aluguel de espaço, contratar pessoas e investir em propaganda.

03. Escolha o local

Isso vale para lojas físicas, mas o mesmo processo vale para lojas online ou em domicílio. Você precisa ter informações de onde seu público-alvo transita, tanto na vida real quanto online.

Quais bairros frequenta, onde mora e por aí vai.

Além disso, se a loja for física é preciso verificar detalhes como onde suas clientes vão estacionar, segurança, horário de funcionamento, etc.

Não esqueça que também vai ter que escolher toda a comunicação visual da sua loja, sempre de acordo com o público que quer atingir.

04. Qual será o nome da sua loja?

Lembre-se que isto vai fazer muita diferença.

Pesquise para saber se não há lojas com o mesmo nome, escolha o melhor e encare o desafio de ter sua própria revenda de lingerie.

Conheça a Lista Ouro de Fornecedores

E se você deseja aumentar com qualidade seus contatos, com fornecedores de lingerie e moda intima em geral, será importante que você conheça o novo projeto do site www.autonomobrasil.com.

O projeto Lista Ouro, funciona como um consultor de fornecedores e fabricantes para o seu negócio.

Através de uma área de membros, você poderá consultar todos os contatos selecionados disponíveis, e também aproveitar os novos contatos inseridos mensalmente na plataforma.

Caso de Sucesso e Curiosidades do Setor de Lingeries

Como uma garota sem experiências com vendas, conseguiu sair do zero e montar uma revenda lucrativa de roupas?

Oportunidade no segmento roupas

Era começo de dezembro de 2013, e Luana não tinha garantida sequer a sua próxima refeição do almoço. Aquela garota havia crescido sem pais, e convivera com familiares distantes até os seus 12 anos.

Infelizmente Luana não tem lembranças de seus pais, que vieram falecer quando ela tinha pouco mais de um ano e alguns meses.

Pode parecer uma história difícil e sofrida, mas, para ela não!

Seu grande diferencial foram livros, conta a garota, que sonhava em ser médica por toda infância.

Mas, o que veio influenciá-la a ser uma grande comerciante, foram as grandes biografias de empreendedores que a mesma tinha prazer de ler.

Luana durante suas leituras aprenderá muita coisa sobre negócios e, uma dessas lições ficará marcada em sua memória para sempre.

Nunca tenha um emprego! Dizia um grande empreendedor em sua obra preferida, venda qualquer coisa, mas, não se deixe levar pela falsa promessa de estabilidade e segurança.

E foi assim que apôs juntar uma boa grana com a revenda de água e doces no farol, Luana começou a comprar roupas e lingeries no atacado para revender.

E hoje em 2016, Luana é capa de diversas revistas de negócios que glorificam seu trabalho.

Abaixo veja algumas dicas para começar uma revenda de roupas.

Oportunidade no segmento roupas

Atuar no mercado de revenda de roupas é uma boa oportunidade para quem pretende complementar a renda.

Porém, para obter o sucesso almejado nesse ramo de trabalho, é necessário demonstrar para o seu público-alvo um vasto conhecimento acerca dos produtos vendidos.

Saber explicar de forma detalhada, conhecer modelos e formatos de peças, bem como quais são os tecidos mais usados e apropriados, é uma forma de passar credibilidade para os potenciais compradores.

No caso específico da revenda de lingeries e moda íntima, demonstrar conhecimento a respeito das curiosidades e tipos que envolvem essas peças básicas do vestuário feminino traz várias possibilidades para a fidelização das clientes.

Afinal, elas terão mais segurança para comprar produtos de quem demonstra ter conhecimento acerca do que está vendendo.

Revenda de Lingeries – Curiosidades sobre moda íntima

Uma cliente normalmente busca conforto ao efetuar a aquisição de lingeries e demais peças íntimas.

Assim, caso a cliente pergunte qual é o tecido mais confortável para as peças íntimas, é pertinente saber que o algodão é o mais recomendado, visto que ele não irrita a pele e não provoca alergias, evitando assim a proliferação de bactérias.

Renovação constante de estoque

Outra dica interessante para quem atua no ramo da revenda de lingeries é recomendar a substituição dos sutiãs a cada seis meses.

Essa troca é importante, porque após um tempo de uso, essas peças sofrem com a perda de sustentabilidade, resistindo também ao processo de lavagem e se tornando locais propícios para o surgimento de bactérias.

É importante também para a vendedora oferecer para a cliente o tamanho exato da peça íntima, pois peças de tamanhos inadequados acarretam em desconforto e, consequentemente, a perda de credibilidade para quem efetua a venda.

No entanto, muitas clientes conhecem bem o próprio porte físico e possuem plena consciência do produto que elas querem. Sendo assim, nesses casos, a vendedora deve estar atenta para não ser pega de surpresa por qualquer questionamento.

É relevante então saber quais os tipos de alças de sutiãs não deixam marcas, quais os tecidos de calcinha que são mais confortáveis. Inclusive, é pertinente estar a par também dos modelos e tecidos ideais de maiôs e biquínis.

Portanto, ao ingressar no ramo de revenda de lingeries, vale fazer uma pesquisa sobre produtos e qualidades. Dessa forma, você terá maior credibilidade para realizar as suas vendas.

Crie suas próprias oportunidades – Revender roupas

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *